Testando o tal "Capsule Wardrobe"

Como eu já tinha dito aqui antes, descobri o Capsule Wardrobe em uns blogs gringos que falam sobre vida minimalista e resolvi testar. A proposta é deixar somente 30 peças de roupa no armário, pra usar pelos próximos 3 meses. Eu, que já tinha ficado decepcionada com a mala de 1 mês de viagem com o dobro, comecei a faxina achando que ia ficar mais decepcionada ainda com o resultado.

Vendo essa pilha de coisas não parecia ser possível nem dar conta de arrumar tudo antes o do sono chegar, quanto mais chegar às tais 30 peças.

Mas não desisti. Coloquei um som e fui devagarinho revirando as roupas (e as memórias que elas carregam). Decidi não me preocupar com o número final logo de cara. Comecei só separando o que achei que iria usar nos próximos meses do que tinha mais cara de inverno e o que não fazia mais sentido estar no armário. O que eu percebi no processo foi o seguinte: 

ARMÁRIO QUE REFLETE SONHOS E ESTILO DE VIDA

Já faz quase um ano que eu decidi sair de uma rotina de trabalho tradicional e tenho vivido de um jeito diferente, com mais vida ao ar livre e totalmente longe de formalidades. Por causa disso, algumas camisas, calças e saltos "de reunião com cliente" passaram a não ter mais utilidade. Mesmo já tendo feito umas 4 rapas desde então, ainda tinham resquícios da minha fase de agência de publicidade por ali. Agora acho que foi tudo o que restava embora.

Outra coisa que legal de perceber foi que maioria das minhas roupas tem mais cara de férias ou finais de semana (e não eram tão usadas antes). Deu uma alegriazinha perceber que as coisas que eu tenho e mais uso, tem muito mais a ver com os dias que eu quero ter agora. Sem ter que esperar pelo tempo de folga. Seguindo essa linha, foram embora também aquelas que não eram muito práticas pra andar de ônibus ou a pé pela cidade. Já que esses são os jeitos que eu tenho preferido me locomover por ai (e de bike em breve).

O QUE FAZER COM A PREVISÃO DO TEMPO

Fiquei pensando como essa mulherada consegue organizar as roupas de acordo com as estações. Eu sei que isso tem mais a ver com calendário "oficial da moda", mas como eu não ligo pra isso, me concentrei no clima mesmo. Por aqui me parece fazer menos sentido pensar em 4 blocos por ano, já que num prazo de horas o tempo vai de calor-do-saara ao frio-que-pede-um-casacão.

No meu caso, percebi que tinha dois grandes blocos (frio e calor) e que as roupas talvez tenham que transitar entre eles, já que a variação do tempo é grande. Mesmo assim vou respeitar o que eu separei pros três meses pra ver se rola.

TÁ MAS E AI? VOCÊ CHEGOU NAS 30 PEÇAS?

Tchan-tchan-tchan-tchaaan. E com vocês, o resultado em números da minha primeira tentativa de Capsule Wardrobe:

  • Total de peças no armário no começo da faxina: 164 
  • Total de peças no fim da faxina: 124
  • Total de peças pros próximos 3 meses: 54
  • Roupas que vão ganhar uma casa nova: 40 (quase 25% do total) 
 
As 54 escolhidas pros próximos 3 meses. A maior parte são as minhas favoritas da vida <3. E sinto que as pilhas de blusinhas vão dançar na próxima faxina. Veremos.

As 54 escolhidas pros próximos 3 meses. A maior parte são as minhas favoritas da vida <3. E sinto que as pilhas de blusinhas vão dançar na próxima faxina. Veremos.

 

No fim das contas eu fiquei satisfeita com o resultado. Considerando o total de roupas no armário, a média ficou em 31 peças pra cada 3 meses, e talvez pra mim não faça tanto sentido seguir a divisão certinha, mas vou tentar. Ou talvez eu precise manjar mais dos paranauês de combinação pra fechar melhor a conta. Pela foto já dá pra sacar alguns desequilíbrios nesse sentido, mas vou acertando. 

Percebi que ter parado de comprar coisas novas há mais de um ano e ter mais tirado do que colocado coisas no armário nesse tempo, pode ter me ajudado a chegar no número perto do ideal. 

Por fim, resolvi testar a técnica do cabide virado ao contrário (mais sobre ela aqui) pra eu enxergar no fim do período o que vai embora na próxima faxina. O que ficou em pilhas vou mudar de um lado pro outro.

E você? Já experimentou separar suas peças assim? Conta ai nos comentários :)

-- post escrito com carinho por Mari Pelli.