Flavia Aranha e suas soluções para além da roupa

Flavia Aranha é um nome muito conhecido para quem está ligado nas marcas que estão criando moda de um jeito mais consciente. A estilista é uma das pioneiras nesse sentido. Há 9 anos produzindo roupas com fibras e tingimentos naturais, valorizando as pessoas envolvidas neste processo, através da marca que leva o seu nome.

O que talvez pouca gente conheça são as outras alternativas desenvolvidas, para reforçar este cuidado com as roupas de uma forma holística, alinhadas aos valores da marca. Serviços e produtos que ampliam as possibilidades para quem quer ter uma relação de mais carinho com suas peças.

Conversamos com a estilista no BEFW, para ouvir mais sobre estas alternativas. Confira a entrevista completa:

"Percebemos que muitas clientes começaram a se conectar com o processo do fazer da roupa, mas quando chegavam em casa, lavavam as peças com sabão da indústria petroquímica." explica Flavia.

Reflexões como esta serviram para nascer não só um novo produto - um sabão de lavar roupas biodegradável com base de aloe vera (disponível em nossa Antiloja) - mas também novas formas de conexão entre as pessoas e as peças que vestem. 

É preciso inovar e pensar além da produção de roupas como alternativa única para usar a criatividade no universo da moda e entregar soluções que cuidem do planeta e das pessoas.

O exemplo da Flavia Aranha nos mostra na prática como isto pode acontecer.

A ideia de usar a moda para expandir a visão de mundo das pessoas também se materializa nas etiquetas que acompanham as peças. Através delas, as pessoas podem acessar conteúdos que mostram todo o processo que a peça peça passou desde a escolha dos fornecedores de fio até o corte, "as pessoas podem assistir com o a roupa foi feita", comenta Flavia.

Além de vestir, a roupa é também registro de seu processo produtivo, que revela uma trama preciosa de saberes, tradições e improvisos urdidos na produção artesanal. Ater-se a essa memória é valorizar não só o produto final, como também seus materiais e especialmente, quem o produziu.

Workshops e cursos oferecidos no ateliê-loja na Vila Madalena em SP, também tem servido para convidar o público a experienciar estes processos produtivos e compartilhar os saberes acumulados em anos de desenvolvimento da marca. A venda de kits e insumos, para que as pessoas possam experimentar tingir as próprias peças em casa, são mais uma forma de proporcionar a descentralização do conhecimento.

"A gente não quer ser grande, não quer ter 80 lojas, a gente tem que incentivar outras iniciativas para potencializar esse impacto exponencialmente, criar uma rede de pessoas que estão usufruindo desse conhecimento." comenta Flavia.

Neste sentido, pra fortalecer a produção de tecidos natuais e orgânicos, a alternativa encontrada foi passar a revender tecidos dos fornecedores que garimparam ao longo do tempo. A ideia partiu do desejo de apoiar estes produtores, que ainda são minoria, para que possam expandir sua atuação, criando mais formas de escoar e oferecer sua matéria prima. Já que produção da Flavia Aranha, sem pretensões de ser de larga escala, não demanda tudo o que é produzido. 

Desta forma outras marcas, que não teriam acesso a comprar direto do produtor, podem ter acesso a esta matéria prima, criando peças com os tecidos revendidos. Mais uma forma de tornar acessível e diversificar o tipo de peça criada com o mesmo tecido.

materiaprima.png

O Projeto Circular é outra destas iniciativas que somos super fãs. Um brechó online, em que as clientes da marca colocam suas peças usadas para serem revendidas. Todo o lucro é direcionado aos projetos socioambientais que estão ligados aos grupos produtivos com os quais a Flavia Aranha trabalha.

Nos primeiros três meses de projeto, mais de 2 mil reais foram arrecadados e destinados para montar uma loja virtual para a Central Veredas, associação de Minas Gerais com a qual trabalham há pouco mais de 1 ano. E o melhor: contas  abertas e divulgadas no blog da marca.

projetocircular.png

Descentralizar, criar novos modelos de negócios, novos serviços e produtos para ajudar as pessoas a terem uma relação mais carinhosa com as roupas é o tipo de atuação que a gente acredita, divulga e apoia muito no Roupa Livre. É tema recorrente presente em nossos cursos, palestras e mentorias onde ajudamos também quem quer desenvolver um trabalho seguindo por este caminho.

Ficamos muito felizes de ter cada vez mais exemplos brasileiros para citar como referência e a Flavia Aranha que já era uma referência na forma como desenvolvia suas coleções, agora também é com relação a estas novas frentes de atuação.

--- Post escrito com carinho, por Bruna Neto e Mari Pelli.

*imagens: divulgação blog Flavia Aranha.