BEFW - dia 2 do Roupa Livre na estrada

No primeiro dia no Brasil Eco Fashion Week já deu pra sentir que, para quem ama o cenário dessa moda mais consciente, participar desse momento está sendo muito importante! Pra gente é uma felicidade enorme ver este movimento tomando corpo e ter tantas pessoas que nos inspiram e com quem trocamos ao longo do ano reunidas em um só espaço. Momento único.

IMG_3780.jpg

Assim, fazendo o que a gente ama, entre costuras e conversas, nos conectamos com as organizadores do Fash Rev de Porto Alegre e Blumenau, recebemos muitas visitas queridas na nossa antiloja, entrevistamos a Augustina - da Comas - e a Dari - da Alinha, e em breve teremos muitas novidades pra compartilhar com você no nosso canal no Youtube.

Participamos de uma oficina de confecção de bolsas a partir de pedaços de capete oferecida pelo pessoal do Design Possível na Mesa de Fazeres Manuais do Espaço Lab, produzido pelo Moda Limpa em parceria com o FIS / FGV.

Além das muitas conexões, também vivemos na pele o que é colaboração. O frio e vento chegaram com força no começo da tarde e o que nos salvou foram os tecidos maravilhosos e o carinho da equipe do Banco de Tecido. 

Mas já que este post é um breve apanhado do que vimos neste primeiro dia, não vamos nos estender muito. Aqui vão links e resumos do que achamos que vale a pena espiar:

- A Natural Cotton Color, que oferece produtos e tecidos feitos com algodão orgânico, está vendendo exclusivamente no evento tecidos incríveis. Quem quer criar utilizando este material não pode perder.

- A Boomera, que transforma resíduo em matéria-prima para produtos surpreendentes, está por lá também contando sobre as soluções que tem encontrado para o resíduo têxtil e demontrando como fazem botões a partir da reciclagem de tecidos. 

- Outra novidade bacana é o Biosoftness. Um produto que inibe o crescimento de bactérias e fungos nos tecidos - e assim diminui a quantidade de lavagens necessárias (estamos revendendo na antiloja do Roupa Livre durante o evento).

- A Mesa "A Importância da Igualdade de Gênero Para Sustentabilidade na Moda" valeria um post a parte. Organizada pela Marina Colerato do Modefica, e com a participação da Carol Delgado (O Puxadinho), Nana Lima (Think Olga) e Luiza Fabiani Medeiros (Abit) o papo rendeu super. Pra gente, ficou muito forte a mensagem da importância da acessibilização.  Conceito que sugere pegar o conhecimento que adquirimos e tornar acessível para os outros. Uma forma daqueles que conseguiram "evoluir" no seu processo, que tem os mais diversos privilégios, voltarem pra "pegar" quem ficou pra trás. Algo possível de se fazer todos os dias. Acreditamos que esta é uma missão a ser seguida, não só no universo da moda, como também na vida. Por aqui vamos tentar nos puxar mais nesse sentido.

WhatsApp Image 2017-11-23 at 01.03.34.jpeg

Sentimos que o evento como um todo, é uma grande celebração da evolução das sementinhas plantadas por quem está neste rolê há alguns anos.

E o segundo dia de BEFW promete. Pra começar, vamos receber pessoas muito importantes para o Roupa Livre num café da manhã na nossa antiloja. Da programação oficial destacamos: 

  • A mesa que vai rolar ás 14h: "Panorama da Moda e o Momento de Transição".
  • Os desfiles que começam hoje e rolam amanhã também.
  • Lançamento do documentário River Blue.
  • Espaço no showroom para experimentar o tingimento natural da Aiginska.
  • Além das várias rodas de conversa e oficinas manuais no espaço Lab.

Confiram a programação no site e não deixem de ir!

--- Post escrito com carinho, contendo os highlitghts da Bruna Neto, Mari Pelli e Bárbara Poerner.